Portal de Meio Ambiente (PMA) Brasil - Natal,Rn - Campus UFRN

MPRN promove reunião regionalizada para detalhar ações diante da crise hídrica

Divulgado em: 04/08/2017

2017_caopma_curraisnovos_reunio_editada1Encontro em Currais Novos reuniu 27 prefeitos do Seridó, além de representantes de associações de municípios, SEMARH, IGARN, Defesa Civil, DNOCS e Caern, além do Ministério Público Estadual

 

O Ministério Público Estadual, através do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente (CAOPMA), reuniu 27 prefeitos da região Seridó, em reunião realizada na quarta-feira (21), em Currais Novos, na sede da Associação dos Municípios da Micro Região do Seridó Oriental (AMSO), para esclarecer o Plano Emergencial de Segurança Hídrica, lançado pelo Governo do Estado, para convivência com a seca, além de detalhar ações da Operação Vertente II, responsável pela distribuição de água potável em cidades em colapso no abastecimento.

 

Participaram da reunião além do MPRN e 27 chefes dos executivos municipais, duas associações de municípios, Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), Instituto de Gestão de Águas (IGARN), Defesa Civil, Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS) e Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

 

A promotora de Justiça Mariana Barbalho, coordenadora do CAOPMA, explicou que a ideia da reunião regionalizada foi trazer as entidades para mostrar aos prefeitos os programas que existem e as responsabilidades dos entes municipal, estadual e federal, além do papel de cada órgão e as medidas necessárias e emergenciais diante da crise hídrica.

 

“Sentimos a necessidade de promover esses encontros e tirar as dúvidas sobre especificidades de cada um deles”, comentou a representante ministerial, que classificou a reunião como muito proveitosa.

 

Além dessa primeira reunião regionalizada, uma outra será realizada com os prefeitos das cidades da região oeste do Estado, no segundo semestre deste ano, possivelmente ainda no mês de julho.

 

Entre ações previstas no Plano Emergencial de Segurança Hídrica estão a perfuração de poços profundos, poços com dessalinizadores, construção de adutoras, abastecimento alternativo de água, distribuição de ração animal, ações já realizadas outras que ainda precisam ser implementadas diante o sétimo ano consecutivo de estiagem.

 

Fonte: MPRN

Share Button


Todas as notícias.

    Astronomia no Zênite

    Programas da DMA

    DMA Comunica

    contorno1

    contorno1

    contorno1

    Banner NUPECS

    Banner Parque da Cidade


    Dicas de páginas

    Espaço Amazônia

      Washington Novaes